“Não há felicidade senão com conhecimento. Mas o conhecimento da felicidade é infeliz; porque conhecer-se feliz é conhecer-se passando pela felicidade, e tendo, logo já, que deixá-la atrás. Saber é matar, na felicidade como em tudo. Não saber, porém, é não existir.”

– Fernando Pessoa / Bernardo Soares

Fonte: PESSOA, Fernando. Autobiografia sem Factos. Assírio & Alvim, Lisboa, 2006. Página 328.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *