“No baile de máscaras que vivemos, basta-nos o agrado do traje, que no baile é tudo. Somos servos das luzes e das cores, vamos na dança como na verdade…”

– Fernando Pessoa / Bernardo Soares

Fonte: PESSOA, Fernando. Livro do Desassossego. Companhia das Letras, 2011.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *