“Num grau mais elevado de amor, a pessoa ama o próximo e quer vê-lo contente. Entretanto, apesar de não ser um amor interesseiro, ela se sentirá decepcionada ou triste se o próximo não se alegrar ou não perceber a sua boa intenção.”

– Masaharu Taniguchi

Fonte: TANIGUCHI, Masaharu. A Verdade da Vida. Seicho-No-Ie do Brasil, 1992, 199 páginas. Página 18.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *