“As religiões são como vaga-lumes: para brilhar precisam das trevas.”

– Arthur Schopenhauer

Fonte: SCHOPENHAUER, Arthur; FRAUENSTÄDT, Julius. Parerga und Paralipomena: kleine philosophische Schriften – Volume 2. 1862. Página 369.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *