“Todas as coisas que existem verdadeiramente possuem uma única origem: Deus. Vivemos dentro de Deus. É impossível nos separarmos de Deus. Por isso, não precisamos nos aproximar de Deus aos poucos, com dificuldade, usando recursos engenhosos. Quando dispensamos tais preocupações do “pequeno eu”, descobrimos que já estamos dentro de Deus, identificados com Deus, agindo e vivendo tal como Deus.”

– Masaharu TaniguchiVer Fonte

“Reverencia mais a Deus. Deus é o único Criador. Não penses que existem coisas más criadas por Deus. Não penses que dentre as criações de Deus exista a imperfeição denominada ‘doença’.”

– Masaharu TaniguchiVer Fonte

“Certa pessoa muito religiosa que dirigia uma escola dominical recebeu de um amigo o seguinte comunicado: ‘Comprei um órgão para ofertar à sua escola dominical e estou tomando providências para enviá-lo a você’. Perplexo, o religioso orou fervorosamente a Deus: ‘Senhor, uma criatura tão modesta como eu não merece uma coisa tão valiosa’. Para ele, a escassez era bem-vinda mas o conforto não era merecido.”

– Masaharu TaniguchiVer Fonte

“Torna-te capaz de reverenciar todas as pessoas e todas as coisas, imparcialmente. Se não consegues reverenciar imparcialmente a Imagem Verdadeira de todas as pessoas e coisas, então é preferível reconheceres o feio como feio, o bonito como bonito, o chiqueiro como lugar imundo e o palácio como local limpo e bonito. Assim, estarás sendo mais honesto contigo mesmo.”

– Masaharu TaniguchiVer Fonte

“No amor que visa à recompensa e no amor que espera ver o próximo contente existe o pego ao ‘eu’. Enquanto a pessoa tiver pensamentos como ‘Eu fiz isso e aquilo por ele; no entanto, o que ele me fez?’ ainda não está livre do apego ao ‘eu’.”

– Masaharu TaniguchiVer Fonte

“Os atritos no lar se originam do amor-apego. Os conflitos entre sogros e nora, marido e mulher, pais e filhos, por exemplo, ocorrem devido ao amor egocêntrico que se traduz em pensamentos tais como: ‘Eu fiz isso por ele (ela); no entanto, ela (ela) não reconhece…’.”

– Masaharu TaniguchiVer Fonte

“Feliz é aquele que se apóia em seu Deus interior. Não teme antecipadamente nem se aflige com o que poderá ocorrer no futuro. Deus interior é a Imagem Verdadeira.”

– Masaharu TaniguchiVer Fonte