“Certa pessoa muito religiosa que dirigia uma escola dominical recebeu de um amigo o seguinte comunicado: ‘Comprei um órgão para ofertar à sua escola dominical e estou tomando providências para enviá-lo a você’. Perplexo, o religioso orou fervorosamente a Deus: ‘Senhor, uma criatura tão modesta como eu não merece uma coisa tão valiosa’. Para ele, a escassez era bem-vinda mas o conforto não era merecido.”

– Masaharu TaniguchiVer Fonte